Equipa de Projeto

Coordenação Geral

Regina Gouveia, Vereadora com o Pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Covilhã. Licenciada em Comunicação Social, mestre e doutora em Ciências das Comunicação. Docente do Ensino Básico durante 15 anos e do Ensino Superior desde 1996. Como diretora da Licenciatura em Comunicação Multimédia, do Instituto Politécnico da Guarda, foi responsável por inúmeros projetos e eventos, nomeadamente de responsabilidade social. Consultora na área da Comunicação, participou na conceção gráfica e revisão de várias publicações institucionais / empresariais. É atualmente Vereadora em Permanência da Câmara Municipal da Covilhã com o pelouro da Cultura, bem como da Ação Social, Educação e Juventude, entre outros.

Direção Executiva


Francisco Paiva, Diretor Executivo da Candidatura da Covilhã a Cidade Criativa da UNESCO em Design. Professor Associado da UBI, onde dirige o Doutoramento em Media Artes. Doutor em Belas Artes pela Universidade do País Basco, licenciado em Arquitetura pela Universidade de Coimbra e licenciado em Design pela Universidade de Lisboa. Foi investigador-visitante na Universidade de Bordeaux3. Dirigiu o curso de Design Multimédia durante 7 anos. Coordena o Grupo de Artes do LABCOM – Comunicação e Artes / UBI. Publica e expõe regularmente. É coordenador científico da DESIGNA, Conferência Internacional de Investigação em Design, das Jornadas de Investigação em Artes e da plataforma Montanha Mágica* Arte e Paisagem. Integra a CooLabora, cooperativa de intervenção social.

Equipa de Projeto


Patrícia Pinto, Gestão e Divisão de Cultura. Licenciada em Comunicação e Relações Económicas, pelo Instituto Politécnico da Guarda. É técnica superior de Comunicação Social da Câmara Municipal da Covilhã, tendo exercido a atividade profissional no Serviço de Comunicação e Relações Públicas, no Gabinete de Apoio ao Presidente, no Balcão Único do Município e no Gabinete de Apoio à Vereadora com os pelouros da Cultura, Ação Social, Educação e Juventude, com especial destaque para a organização e gestão de eventos e respetiva coordenação financeira. Atualmente, é chefe de Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Covilhã.


Inês Viegas, Assessoria da Direção Executiva da candidatura da Covilhã a Cidade Criativa da UNESCO. Mestranda em Estudos Lusófonos da UBI, licenciada em História pela FLUP, estudou Teatro na Escola Profissional do Balleteatro (Porto). Colabora atualmente no projeto de parceria entre o Museu de Lanifícios e a Faculdade de Engenharia da UBI para comemoração do centenário da Empresa Transformadora de Lãs, Lda. e dos 20 anos da FE. Artista visual autodidata, estreia-se na ilustração profissional em 2020. Entre os seus projetos musicais destacam-se as “medievais contemporâneas”, onde a composição experimental se cruza com a fonética do Português Antigo. Como atriz, participou em peças de encenadores como Nuno M. Cardoso, Luís Mestre ou Pedro Penim e, mais recentemente, no espetáculo “Cá estou nas nuvens” do Teatro das Beiras.


Sónia de Sá, Assessoria de Comunicação. Professora Auxiliar no Departamento de Comunicação, Filosofia e Política da Universidade da Beira Interior. É doutora em Ciências da Comunicação, na subárea da televisão inclusiva. Orienta dissertações de mestrado e três teses de doutorado, cujos temas se relacionam com os seus principais interesses de investigação, nomeadamente, estudos de género, estudos queer e representações de minorias, em especial, comunidades ciganas, mulheres negras e comunidade LGBTQ +. É coautora de três livros e autora de diversos artigos. Participa/participou em diversos projetos nacionais e internacionais que aproximam a investigação científica da ação direta com os públicos envolvidos. Sónia de Sá é também consultora de comunicação em vários projetos políticos e cívicos que: 1) valorizam o papel da mulher na sociedade, 2) dão voz às minorias, especialmente afrodescendentes, comunidades ciganas e LGBTQ + e 3) valorizam o interior do país. Na sua ação cívica, é voluntária de organizações sem fins lucrativos e publica mensalmente artigos na imprensa escrita sobre igualdade de género, desigualdade de tratamento do interior do país e desigualdades sociais das minorias em Portugal.


Regina Alexandre, Mapeamento, Diagnóstico, Parcerias e Relações Públicas. Técnica superior, licenciada em Línguas e Literatura Moderna, pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa. Foi docente do ensino secundário. Trabalhou na empresa de lanifícios A Penteadora como gestora de mercados de língua estrangeira, gestão de contratos administrativos no âmbito de concursos públicos nacionais e europeus e ainda relações públicas, organizando também processos inerentes à presença da empresa em feiras e certames da especialidade: Première Vision, Interstof A, Top Look – European Fabric Fair, Modtíssimo. Colaboradora no departamento de Cultura do Município da Covilhã desde 2003, participando na inventariação de documentos do arquivo histórico; na organização e inventariação do acervo dos Museus de Arte Sacra e Museu Arte e Cultura e sua dinamização, elaborou rotas turísticas, “Road Books” com edição trilingue. É atualmente coordenadora dos espaços expositivos Galeria de Exposições Tinturaria e Galeria António Lopes.


Carla Alexandra Santos, Inventário e diagnóstico. Integra a equipa da Candidatura da Covilhã, a Cidade Criativa da UNESCO, em Design, enquanto funcionária do Município da Covilhã. Incorporou uma equipa de investigação na UE desde 1997. Foi técnica superior no Município de Trancoso. Licenciou-se em História – ramo Património Cultural pela Universidade de Évora. Concluiu o curso de Estudos Sefarditas em Portugal e o primeiro Seminário na área, na Universidade de Lisboa, em 1997/1998. Organizou, participou e moderou vários congressos,(em Portugal e no Brasil), colóquios e escreveu periodicamente vários artigos científicos, desde 1998; um livro em 2018 em coautoria e um a solo no prelo. Coordenou a equipa de trabalhos e foi investigadora para os conteúdos, dos Centros Interpretativos – Casa do Bandarra e Centro Isaac Cardoso, em Trancoso.


Cláudia Farias, Inventário e Plano Municipal de Cultura. Integra a equipa da Candidatura da Covilhã a Cidade Criativa da UNESCO em Design enquanto estagiária na Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Covilhã. É licenciada em Ciências da Cultura pela Universidade da Beira Interior, tendo participado em vários eventos de âmbito cultural e artístico, organizados pela mesma instituição (Ilustrada 2016, 1º ELI, Oficina de Procedimentos Metodológicos para a elaboração de um Plano Municipal de Cultura). Foi responsável de revisão no projeto Jornal de Belmonte e oradora no evento “Fórum de Cultura – Criar no Interior”. Em 2020 concluiu o Mestrado em História da Arte – Especialização em Artes da Época Moderna e da Expansão, pela Universidade Nova de Lisboa. Realizou um estágio em mediação cultural no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa (MAAT) entre 2019 e 2020. Foi ilustradora solidária no projeto anual “Histórias da Ajudaris” entre 2014 e 2019 e frequenta ativamente cursos no âmbito da mediação cultural, da educação em contexto de museus, da cultura inclusiva e de gestão e políticas culturais.


João Nuno Sardinha, Direcção de Arte, Design e Identidade Visual. Mestre em estudos Didáticos e Culturais, a frequência da licenciatura (UM) em matemática e ciências exatas aplicadas ao novo século apurou-lhe o entusiasmo pela métrica e volumetria, permitindo-lhe a conclusão da licenciatura e uma pós-graduação em Design Multimédia, na Universidade da Beira Interior. As suas áreas de atuação centram-se no design multimédia, design gráfico, design de comunicação, conceção e implementação de conteúdos para novos media e plataformas móveis, contudo a sua vasta experiência profissional permite-lhe trabalhar grande parte das competências artísticas nos campos do design, ilustração, fotografia, vídeo, cinema, música, multimédia, interatividade e instalações sensoriais. Atualmente é técnico superior do Município da Covilhã, ao serviço das áreas da comunicação, design e cultura. Colabora frequentemente em projetos e conferências internacionais, organiza e gere conferências e encontros científicos de diversas índoles.


Sónia Patrícia Nogueira, Design e Comunicação. Mestre em Comunicação Estratégica, licenciada em Design Multimédia e licenciada em Ciências da Comunicação. Atualmente ao serviço do Pelouro da Cultura do Município da Covilhã, a sua experiência profissional elenca diversas áreas da comunicação: estratégica; autárquica; social; interna; relações públicas; design e publicidade; produção editorial e de conteúdos e fotografia. Elogiada e premiada em obras gráficas e peças escritas, em 2014 publicou a dissertação “Do brasão à marca: tradição e inovação na identidade visual dos municípios portugueses”, que versa a evolução da cultura e relações sistémicas dos diferentes identificadores gráficos (brasões, logotipos, símbolos e marcas) e subsequentes sistemas de identidade visual em uso pelos 308 concelhos portugueses.

Colaboradores

Rui Pedro Nunes Galeria Tinturaria, Câmara Municipal da Covilhã
Sofia Gaspar Museu da Covilhã, Câmara Municipal da Covilhã
Lurdes Morais Câmara Municipal da Covilhã
Horácio Carvalho Câmara Municipal da Covilhã
Silvia Amoroso Câmara Municipal da Covilhã
Mafalda Proença Câmara Municipal da Covilhã
Bruno Marques Câmara Municipal da Covilhã
Nuno Barreiros Câmara Municipal da Covilhã
Cristina Caetano Arquivo e Biblioteca Municipal, Câmara Municipal da Covilhã

George Silva Universidade da Beira Interior
Inês Costa Universidade da Beira Interior
Lívia Glória Universidade da Beira Interior
Louise Souza Universidade da Beira Interior
Mariquinha Cafuquena Universidade da Beira Interior
Mateus Fonseca Universidade da Beira Interior