Projeto

Identificar o potencial da produção tradicional local da Covilhã, identificando e experimentando novas aplicações, implementando novas ideias criativas, criando uma ligação entre designers internacionais e empresas locais. O objectivo passa igualmente por um relançamento da produção numa óptica sustentável e de circularidade. Isto permitirá à actividade tradicional da cidade iniciar um processo de renovação tanto no campo criativo como produtivo, colocando as empresas em condições de enfrentar o desafio da transição para a Economia Circular, inscrita como tema prioritário para a Comissão Europeia.

Acções

  1. Mapeamento das empresas têxteis locais e análise da sua produção, mercados de referência, aplicações de materiais e projectos de investigação em curso. Elaboração de um relatório final, que permitirá identificar as necessidades das empresas e pontos estratégicos para o relançamento da produção.
  2. Análise do arquivo têxtil do Museu de Lanifícios, para identificar ideias e temas que possam interessar a uma comunidade de criativos que pretende trabalhar com os materiais produzidos pela cidade. Os arquivos geralmente representam uma fonte enorme para aqueles que procuram criar algo novo. Os tecidos da Covilhã têm uma forte conotação da identidade do território e podem ser um excelente ponto de partida para imaginar novas aplicações, respeitando a tradição. Os materiais identificados serão catalogados e colocados à disposição dos interessados, em colaboração com o Museu.
  3. Organização de um projecto de residência reservado a 6 designers seleccionados em concurso internacional. Os designers hospedados terão a oportunidade de desenvolver os seus projectos, em colaboração com empresas locais, para chegar à criação de protótipos reais que podem ser apresentados em feiras e eventos do sector. Serão seleccionados três projetos na área da Moda e três na área do Design.
  4. Workshop sobre Economia Circular orientado sobretudo para os cidadãos e camadas mais jovens da população, (a ideia é estendê-los também às empresas locais, mas com estratégia) através do estudo do tratamento de resíduos, o fim de vida dos produtos. Os participantes estarão envolvidos numa série de actividades para abordar a questão da sustentabilidade produtiva de forma activa e partilhada.O uso de novos materiais ou materiais alternativos de menor impacto também será testado.
  5. Organização de um projeto editorial final que inclua toda a documentação das residências. Uma espécie de traçado do que foi pensado, feito e realizado. A ideia é criar uma publicação dedicada aos têxteis, moda e design, com o objetivo de apresentar o trabalho dos designers e dar oportunidade às empresas de apresentarem os seus projectos.

  

Giulia Bonali, PS02 Design Têxtil e Moda

Docente e investigadora de Estudos de Moda na Polimoda International Institute of Fashion, Florença